Corpo Docente

Joana Almeida

Diretora e professora Joana Almeida, leciona fagote, formação musical e coro na Escola de Música António Pinho.

Iniciou os seus estudos musicais em 2006, com 12 anos de idade, na escola de música da Orquestra Ligeira de Cambra, onde começou a tocar passado 2 anos, com o seu primeiro instrumento de eleição, saxofone.

Com 13 anos, entrou para a Academia de Música de Vale de Cambra, onde se manteve por dois anos, na classe de saxofone do professor André Correia. Com essa mesma idade entrou para a Banda de Música de Vale de Cambra.

Em 2009 (aos 15 anos), decidiu trocar de instrumento e partir para a aventura com o fagote, entrou no Conservatório de Música da JOBRA, onde frequentou o Curso Profissional até aos 18 anos.

Concorreu para o curso superior em 2012, data em que ingressou no Curso de Música Antiga da ESMAE e com 20 anos decidiu ir de ERASMUS para Haia, Holanda, durante 1 ano.

Atualmente, está a frequentar dois mestrados, o de Interpretação e o de Ensino da música, na Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo do Porto (ESMAE).

Com 19 anos foi convidada a lecionar fagote na EMAP. Passados três meses assumiu a direção, onde se mantém desde então, orientando o corpo docente e transmitindo conhecimentos e valores aos alunos.

André Pinho

Professor André Pinho, leciona percussão, formação musical e coro na Escola de Música António Pinho (EMAP).

Iniciou os seus estudos musicais, na Academia de Música de Vale de Cambra, em 2002, com apenas 7 anos. Ingressou no ano a seguir a classe de piano da Professora Élia Correia, tendo concluído o 3º grau de piano no ano de 2007.

Optou por mudar de instrumento e ingressou nesse mesmo ano, a classe de percussão do Professor João Paulo Fernandes.

Em junho de 2008, entrou como músico na Sociedade Artística Banda de Vale de Cambra, sendo convidado a ser chefe de naipe da percussão, mais tarde. Findou os seus estudos de formação musical, em 2009, concluindo o 5º grau, na classe da Professora Sílvia Dias. E em 2011 concluiu o 5º grau de percussão.

Em 2012 ingressou como músico na OLCA – Orquestra Ligeira de Cambra, e em 2013 foi convidado a fazer parte da classe de professores da Escola de Música António Pinho.

Desde então tem participado em vários projetos musicais tais como, estágios e várias orquestras, entre outros. Atualmente faz parte da OLCA – Orquestra Ligeira de Cambra e Sociedade Artística Banda de Vale de Cambra, como músico, e é professor na Escola de Música António Pinho.

Apesar de ter findado o seu percurso musical cedo, mantém sempre o gosto de aprender e fazer coisas novas a cada dia que passa, e vai mantendo um sentimento de amizade e camaradagem com todos os seus alunos.

Carla Pereira

Professora Carla Pereira, leciona oboé na Escola de Música António Pinho (EMAP).

Carla Lourenço Pereira nasceu a 21 de Setembro de 1998 em Rennes, França.

Iniciou os seus estudos musicais aos 8 anos na Escola de Música da Banda de Música de Loureiro orientada pela professora Fernanda Amorim. Em 2008 integra o Ensino Articulado do Conservatório de Música da Jobra na classe do professor Jonathan Costa. Em 2013 passou a frequentar o Curso Profissional de Instrumentista de Sopro e Percussão do Conservatório de Música da Jobra orientada pela professora Ana Madalena Silva. Atualmente frequenta o 2º ano da Licenciatura em Música – Instrumento na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Porto na classe do professor Ricardo Lopes.

Participou diversas vezes no Concurso de Instrumentos de Sopro Terras de La Salette tendo no ano de 2009 atingido o 3º lugar no escalão infantil e no ano de 2011 o 1º lugar do mesmo escalão. (Concurso somente a nível Nacional). No ano de 2014 (Concurso Internacional) ganha o 3º lugar no escalão Juvenil. Em 2016 ganha o 2º lugar do escalão Júnior, não havendo mais nenhum lugar atribuído nesse escalão. Em Abril de 2017 ganha o 1º lugar do escalão Júnior.

Em 2015 ganha o 3º prémio no escalão de Música de Câmara, Nível Médio, com o grupo Pectora Quartet (Quarteto de Madeiras) no II Concurso Nacional de Música Gilberta Paiva.

Nesse mesmo ano foi semifinalista da 29ª Edição do “Prémio Jovens Músicos” da Antena 2 em Oboé, Nível Médio.

Integrou em Fevereiro de 2015 a Jovem Orquestra Portuguesa com concertos agendados em todo o país e na Alemanha. Foi admitida como membro efetivo para a temporada 2016/2017 na Jovem Orquestra Portuguesa com concertos agendados em todo o país e Alemanha.

Foi admitida como estagiária na Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música durante o estágio que decorreu entre 21 a 24 de Março com o maestro Olari Elts e que culminou com um concerto intitulado “No Mundo do Jazz” na Sala Suggia da Casa da Música no dia 25 de Março pelas 18h.

Apresentou-se diversas vezes como solista, nomeadamente em 2016 acompanhada pela Orquestra de Sopros do Conservatório de Música da Jobra.

Ao longo do seu percurso já trabalhou com os seguintes professores: David Walter, Simon Fuchs, Louise Pellerin, Christian Schmitt, Diethelm Johnas, Robert Silla, Omar Zoboli, Christian Wetzel, Samuel Bastos, Luíz Perez, João Barroso, Ricardo Lopes, Pedro Ribeiro, Catarina Castro, Fernanda Amorim, Jonathan Costa, Ana Madalena Silva, Andreia Carvalho (Oboé Barroco) e Jean-Michel Garretti.

Trabalhou também com os seguintes maestros: Olari Elts, Grigor Palikarov, Alberto Roque, José Eduardo Gomes, Pedro Carneiro, Francisco Sequeira, António Saiote, Paulo Martins, Carlos Marques, José Pedro Figueiredo, Hernâni Petiz, André Granjo, Armando Saldarini, Renata Oliveira, Linda Keuben, Álvaro Pinto, Cristiano Silva e Valdemar Sequeira.

Em contexto de música de câmara trabalhou com os seguintes professores: Ana Madalena Silva, Jonathan Costa, Ana Duarte, Pedro Silva, José Pedro Figueiredo e António Saiote.

David Moreira

Professor David Moreira, leciona trompa na Escola de Música António Pinho (EMAP).

Nasceu em Vale de Cambra, em 1983, tendo iniciado os seus estudos musicais na Banda de Música de Vale de Cambra com o Sr. António Pinho, aos 8 anos.

Aos 9 anos de idade escolheu o instrumento trompa para tocar e aprender, tendo sido recebido na Sociedade Artístico Banda de Vale de Cambra, como músico, em 1994 (11 anos).

Em 2003, foi convidado a ser professor da Escola de Música António Pinho, continuando, sempre que possível, a dar aulas noutras escolas de bandas filarmónicas.

Daniela Oliveira

Professora Daniela Oliveira, leciona clarinete e formação musical na Escola de Música António Pinho (EMAP).

Nasceu em 1999, natural de Vale de Cambra, onde reside atualmente, na freguesia de São Pedro de Castelões.

Iniciou os seus estudos, em 2008, na banda de música de Vale de Cambra. Em 2009 continuou a estudar música na Academia de Música de Vale de Cambra, com a professora Ana Rita Petiz. Mais tarde, em 2010, ingressou na banda de Vale Cambra mantendo-se desde então como membro da banda.

Desde 2014 estuda no Conservatório de Música da JOBRA na classe de clarinete do professor Carlos Ferreira, no curso profissional de Instrumentista de Sopro e Percussão.

Participou em vários estágios de orquestra e masterclasses de clarinete.

Diana Henry

Professora Diana Henry, leciona trombone na Escola de Música António Pinho (EMAP).

Começou os seus estudos musicais aos 14 anos na escola da banda de Vale de Cambra, no instrumento trombone tenor. Um ano depois inscreveu-se na Academia de Música de Vale de Cambra e aí se manteve por 5 anos até completar o 5°grau. Desde então, toca trombone baixo na Sociedade Artística de Vale de Cambra. Foi convidada a lecionar na EMAP em 2015, onde se mantém com grande vontade de transmitir sabedoria e conhecimentos aos seus alunos.

Miguel Bastos

Professor Miguel Bastos, leciona saxofone na Escola de Música António Pinho (EMAP).

Desde cedo demonstrou interesse pela arte musical, contudo apenas começou a estudar música em 2008, com 13 anos de idade, ingressando a escola de música da Banda de Vale de Cambra e posteriormente entrando na Academia de Música de Vale de Cambra, onde completou o 5º grau. Após isto, continuou sempre a participar em projetos ligados à música e, acabando por se tornar professor da Escola de Música António Pinho em 2015, onde continua até aos dias de hoje.

Paulo Bastos

Professor Paulo Bastos, leciona flauta transversal na Escola de Música António Pinho (EMAP).

Nascido a 13 de novembro de 1997, natural de São Pedro de Castelões, Vale de Cambra, iniciou os seus estudos musicais aos 11 anos. Em setembro de 2008 ingressou na Academia de Música de Vale de Cambra onde iniciou os seus estudos em flauta transversal, com a professora Teresa Paracana.

Após concluir o 5º grau na Academia de Música de Vale de Cambra, ingressou no curso de Instrumentista de Sopro e Percussão no Conservatório de Música da JOBRA, na classe do professor Gil Magalhães. Durante o seu percurso, participou em diversas masterclasses, estágios e workshops onde teve a oportunidade de trabalhar com renomes nacionais e internacionais do mundo da música.

Atualmente frequenta a Licenciatura no Curso de Música da Universidade do Minho, tendo como professor de instrumento, Gil Magalhães. Incorpora como instrumentista a Banda de Música de Vale de Cambra onde também é professor de flauta transversal na Escola de Música António Pinho (Vale de Cambra) e leciona também na Escola de Música da Filarmónica Verdi Cambrense (Vouzela).

Rafael Oliveira

Professor Rafael Oliveira, leciona trompete na Escola de Música António Pinho (EMAP).

Começou o seu percurso ainda muito novo os seus estudos musicais, com 8 anos de idade, no conservatório de Genebra, na classe de trompete. Prosseguiu os seus estudos em Portugal, na Academia de Música de Vale de Cambra até completar o 5º grau, de seguida, continuou no Conservatório de Música da JOBRA. Desde os 13 anos, é um membro ativo da SABVC e professor da EMAP, desde os 18 anos.

Continua com a mesma paixão e carinho pela música e principalmente pelos seus alunos.